Meu Anjo

Elli e sua mãe se esforçam para fugir do tédio e do serviço social, que considera Marlène incapaz de criar a filha. Quando a mãe se afunda em mais uma noite de excessos, ela decide deixar Elli sozinha e ir atrás de homem que acabou de conhecer. Sem pai ou nenhum familiar por perto, a criança precisa se virar sozinha e enfrentar o julgamento das pessoas, e o bullying dos colegas de escola pelo comportamento inadequado de sua mãe, enquanto a mesma não volta para casa.

Continuar lendo

UMA NOITE NÃO É NADA

São Paulo, meados da década de 80. Agostinho, um decadente professor de física de um supletivo noturno, acaba se apaixonando por uma de suas alunas, Márcia, uma mulher bem mais jovem que ele, emocionalmente perturbada e soropositiva. Eles começam um relacionamento e logo a coisa se torna séria, fazendo com que Agostinho comece a arriscar seu casamento com Januária.

Continuar lendo

O CONFEITEIRO

Thomas, um jovem e talentoso confeiteiro, tem um caso com Oren, um homem israelense casado que morre em um acidente de carro. Thomas viaja a Israel atrás de respostas. Guardando seu segredo, ele começa a trabalhar para Anat, viúva de Oren, em seu pequeno café. Apesar de sua comida não ser kosher (alimento judeu) e desprezado pela religião, seus deliciosos doces transformam o local em uma atração na cidade. Envolvido na vida de Anat de uma maneira além do que ele esperava, Thomas irá estender a sua mentira até um ponto sem retorno.

Continuar lendo

EU NÃO SOU UMA BRUXA

Depois de um incidente banal em sua vila, a menina de 8 anos Shula (Maggie Mulubwa) é acusada de bruxaria. Depois de um rápido julgamento, a garota se torna culpada e é levada em custódia pelo Estado, sendo exilada em um campo de bruxas no meio do deserto. No local, ela passa por uma cerimônia de iniciação em que aprende as regras da sua nova vida como bruxa. Como as outras residentes, ela é amarrada em uma grande árvore, sendo ameaçada de ser amaldiçoada e de se transformar em uma cabra caso corte a fita.

Continuar lendo

A VOZ DO SILÊNCIO

Um olhar atento varre a cidade grande e suas pessoas anônimas, que vivem suas vidas em tensão para a sobrevivência, resignados com o destino de cada um. Uma realidade onde os sentimentos e emoções perdem seu significado original consumidos pela urgência de novos valores. Um eclipse lunar pontua as mudanças nas vidas dessas pessoas que compõem um mosaico da cidade.

Continuar lendo

DESLEMBRO

Joana é uma adolescente que se alimenta de literatura e rock. Ela mora em Paris com a família, quando a anistia é decretada no Brasil, final de 79. De um dia para o outro, e a sua revelia, organiza-se a volta para o país do qual mal se lembra. No Rio de Janeiro, cidade onde nasceu e onde seu pai desapareceu nos porões do DOPS, seu passado ressurge. Nem tudo é real, nem tudo é imaginação, mas ao “lembrar”, Joana inscreve sua própria história no presente, na primeira pessoa.

Continuar lendo

HAPPY HOUR

Um acidente muda radicalmente a vida de Horácio, que acaba cedendo aos seus impulsos mais primitivos e confessando para sua esposa que, mesmo não querendo a separação, não deseja mais passar o resto da sua vida fazendo sexo apenas com ela. Vera fala em separação, mas sua situação profissional a faz reavaliar: para ela nunca foi tão importante continuar casada com Horácio, pai de seu único filho.

Continuar lendo

MARE NOSTRUM

Roberto e Mitsuo voltam ao Brasil no mesmo dia, depois de longa temporada morando fora. Suas vidas se cruzam por conta de um terreno negociado por seus pais no passado. Sem dinheiro, os dois veem no terreno uma possibilidade de se acertarem financeiramente. No entanto, alguns eventos fazem com que eles acreditem que o terreno é mágico. Como uma fábula, o filme nos mostra que para se obter alguns desejos, é preciso abdicar de outros.

Continuar lendo
Fechar Menu