O Paraíso deve ser aqui

Elia Suleiman deixa a Palestina em busca de um novo lar, apenas para encontrar em todo lugar os mesmos problemas. A promessa de uma nova vida se transforma em uma comédia de erros e em situações inusitadas com a policia, a modernidade e o preconceito. Por mais longe que ele vá, de Paris a Nova York, algo sempre o lembra de sua terra natal.

O premiado diretor Elia Suleiman embarca nesta saga cômica explorando identidade, nacionalidade e o pertencer, questinando o fundamental: onde é o lugar que podemos chamar de lar?

FICHA TÉCNICA

Título Original: It Must Be Heaven
Direção E Roteiro: Elia Suleiman
Produção: Édouard Weil, Laurine Pelassy, Elia Suleiman, Thanassis Karathanos, Martin Hampel, Serge Noël
Fotografia: Sofian El Fani
Edição: Véronique Lange
Direção De Arte: Caroline Adler
Música: Johannes Doberenz
Figurino: Alexia Crisp-Jones, Éric Poirier
Gênero: Drama
País: França, Qatar, Alemanha, Canada, Turquia, Palestina
Ano: 2019
Cor
Duração: 97 minutos
Classificação: A Definir

Elenco: Elia Suleiman , Gael García Bernal, Ali Suliman, Vincent Maraval

MOTIVOS PARA ASSISTIR

– Menção Especial do Júri – Festival de Cannes 2019

O que dizem sobre:

“Uma carta de amor à Palestina escrita pelo Chaplin dos dias atuais.”
The Hollywood Reporter

“Bilhantemente cômico”
Screendaily

“Uma representação hilária do que significa ser um Palestino.”
CineEuropa

“Singular!”
Variety

“Nada escapa do filtro bem-humorado do filme.”
Caimán Cuadernos de Cine

“Suleiman observa a fachada de um comércio intitulado “L’humaine comédie”, a comédia humana. Esta poderia ser uma bela descrição do filme como um todo”
Adoro Cinema

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
    Fechar Menu